NOVIDADES

Alimentos funcionais: entenda a importância e inclua no seu cardápio | 15 Abril 2013

No programa alimentar Healthy Detox, a nutricionista Patricia Davidson Haiat recomenda a ingestão de alimentos funcionais, que ajudam na eliminação de toxinas en colaboram com a perda de peso. A seguir, conheça alguns alimentos funcionais consumidos pela participante Cíntia Araújo e inclua também no seu cardápio:

1 - Óleo de coco

O Óleo de Coco é composto de triglicerídeos de cadeira média, ácidos graxos monoinsaturados e ácidos graxos poliinsaturados. Todos estas gorduras têm propriedade excelentes para a saúde humana. O produto é muito útil nas dietas de emagrecimento. É de fácil digestão e ajuda no funcionamento saudável da tiroide e das enzimas necessárias para o nosso metabolismo. Estimula o metabolismo, removendo o estresse do pâncreas, ajudando a queimar mais calorias. O óleo também fortalece o sistema imunológico, uma vez que contém lipídios com atividade antimicrobiana, ácido láurico, ácido cáprico e ácido caprílico, com ações antifúngica, antibacteriana e antiviral. Ela ajuda na luta contra bactérias nocivas como a Listeria monocytogenes e Helicobacter pylori, e protozoários nocivos, tais como giardia lamblia.

2 - Sucos verdes

Se for feito com abacaxi, espinafre e agrião, é um potente diurético. Se preparado com laranja, couve e cenoura, pode auxiliar na manutenção do bronzeado da pele. Para acelerar o metabolismo, deve ser preparado com maçã, pepino e gengibre em 200 ml de água. O Suco Verde com maracujá e limão tem uma característica detoxificante.

3 - Hibisco

Suas folhas são ricas em vitamina A e B1, sais minerais e aminoácidos. Possuem ações emolientes, diuréticas e sedativas. Já as sementes de hibiscos são ricas em proteínas e, na África, são misturadas com farinha de feijão ou torradas como um substituto para o café. Os frutos são comestíveis e usados como antiescorbútico, enquanto as raízes são utilizadas no preparo de tônicos nas Filipinas. As flores, além de lindas, possuem antocianinas apresentando efeito diurético e reduzindo a pressão arterial. O cálice, parte da flor com coloração mais avermelhada e escura, é o elemento mais importante do hibisco. Tem elevado teor de antocianina, poderoso antioxidante e anti-inflamatório, que integra o grupo dos flavonóides. O chá de hibisco, feito a partir do cálice de flor, é uma das formas mais eficientes de se beneficiar dos efeitos da planta.

4 - Semente de chia

Originária do México e da Colômbia, a semente de chia é considerada umsuperalimento por sua quantidade de nutrientes. É riquíssima em cálcio, fósforo, ferro, magnésio, potássio, zinco, fibras e principalmente ômega 3. Todos esses nutrientes em ótima quantidade fazem desse grãozinho um grande aliado na redução dos problemas cardiovasculares, diabetes e hipertensão, no controle do colesterol e na desintoxicação do organismo ao colaborar no processo digestivo. Ao entrar em contato com água ou com o suco gástrico, a chia se transforma em um gel, que provoca ensação de saciedade prolongada, torna a digestão mais lenta e equilibra os níveis de glicose. Ou seja, a chia é uma super ajuda no emagrecimento.Você pode encontrar a semente no formato in natura, em farinha ou óleo. O sabor é bem suave e quase imperceptível, perfeito para ser misturado com outros alimentos como sucos, iogurte, leite e frutas.

5 - Chá verde

Acelera o metabolismo basal e diminui a deposição das gorduras no organismo, além de diminuir o apetite e facilitar a digestão. Esse efeito se deve em grande parte porque a bebida é rica em polifenóis e que a propriedade de queimar gorduras. Além disso, é um bom auxiliador na desintoxicação do fígado, órgão que precisa estar trabalhando a todo vapor no processo de emagrecimento. É um dos alimentos importantes para alcalinizar o organismo. É importante frisar que o chá verde tem cafeína e por isso não deve ser utilizado com moderação, principalmente. por pessoas hipertensas. O consumo deve ficar em até 3 xícaras médias por dia que podem ser ingeridos na forma fria ou quente, e se você não gosta do sabor amargo procure pingar umas gotinhas de limão ou misturá-lo a sucos de frutas.

6 - Suco de uva escura

O suco de uva possui substâncias antioxidantes com destaque para o resveratrol, antocianinas, proantocianina. Elas atuam na melhora da circulação sanguínea, dilatando os vasos sanguíneos, bem como reduzindo a inflamação, atuando diretamente no excesso de peso. São poucos os estudos que mostram a quantidade ideal de consumo, mas 120ml de suco de uva concentrado por dia já traz benefício a circulação e a saúde cardiovascular em geral. Escolha um suco de uva integral, sem açúcar, conservantes e corantes, de preferência orgânico para que você colha todos os benefícios da fruta.

7 - Couve-flor

A couve-flor é parte da família das brássicas, que são fontes de vitaminas, minerais, fibras e compostos bioativos, com propriedades anticarcinogênicas, ajudando a prevenir principalmente o câncer de mama. Suas fibras também formam um escudo contra o câncer do intestino. Ajuda a regular o sistema imunológico e auxilia na eliminação de produtos tóxicos (detoxificação). Outros alimentos que pertencem à família das brássicas são agrião, brócolis, brotos, couve-chinesa, couve-de-bruxelas, couve-folha, couve-flor, mostarda, nabo, rabanete, repolho e rúcula. Recomenda-se uma xícara de brássicas por dia.

8 - Gengibre

Como planta medicinal, o gengibre é uma das mais antigas e populares do mundo. Suas propriedades terapêuticas são resultado da ação de várias substancias, especialmente do óleo essencial que contém canfeno, felandreno, zingibereno e zingerona. Além do seu uso como antiinflamatorio e antioxidante, o gengibre também tem ação bactericida, é desintoxicante e possui poder afrodisíaco. Recentemente, a OMS (Organização Mundial da Saúde) reconheceu a ação dessa planta sobre o sistema digestivo, tornando-a oficialmente indicada para evitar enjoos e náuseas, confirmando alguns dos seus usos populares, onde o gengibre é indicado na digestão de alimentos gordurosos. Possui sabor picante e pode ser usado tanto em pratos salgados quanto nos doces e sob diversas formas, como: fresco, seco, em conserva ou cristalizado. O gengibre seco é mais aromático e tem sabor mais suave.

Fonte: Bem Estar GNT

VEJA OUTRAS NOVIDADES

Econatura presente no Seminário Agro Inova | 17 Julho 2017

O Núcleo de Estudos em Inovação (NITEC) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) promoveu, na terça-feira, dia 11, o primeiro Seminário Agro Inova, com o tema “Desenvolvimento de Produto Premium“. O seminário compõe o projeto Caminhos ...

Pesquisa revela os 40 alimentos com maior poder anti-inflamatório | 30 Junho 2017

Spoiler: a uva está na lista! É claro que, com sua riqueza de compostos benéficos a saúde, a rainha das frutas não poderia ficar de fora. Inclusive, a pesquisadora Ivana da Cruz, que é a entrevistada da reportagem, é responsável por muitas das ...

Conheça os benefícios do suco de uva 100% | 24 Junho 2017

Confira a super reportagem que foi ao ar no programa Bem Estar, da Rede Globo, com o especialista Maurício Roloff, do Ibravin, a respeito do suco de uva e seus benefícios!!!!

Veja a reportagem ...

Entrevista: Econatura na Bio Brazil Fair | 18 Junho 2017

A radialista e produtora multimídia Carolina Moreira do portal Organics News Brasil entrevistou Bruna Postingher, da Uva'Só Produtos Orgânicos, sobre o investimento em produtos orgânicos e como a uva é utilizada no processo de produção para ...